Cálculo Mania » Calcular FGTS

Calcular FGTS

Calcular o FGTS a sigla para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. É um depósito mensal de 8% sobre o salário base do empregado que o empregador deve fazer em uma conta na Caixa Econômica Federal. Os depósitos são ajustados pela JAM (Juros e Atualizações Monetárias).

Como Calcular FGTS? Confira Seu Saldo!

O FGTS foi criado pela Lei nº 5.107, de 13 de setembro de 1966 para proteger o trabalhador demitido sem justa causa.

Este, por sua vez, é constituído de uma conta vinculada, aberta em nome de cada trabalhador, a partir do momento em que o empregador efetua o primeiro depósito, veja a seguir o que é o cálculo FGTS e aprenda a calcular.

O saldo da conta vinculada é formado pelos depósitos mensais efetivados pelo empregador, acrescidos da JAM (Juros e atualizações monetárias).

O Que é JAM (Juros de Atualização Monetária)?

É o rendimento que o saldo de sua conta do FGTS daquele mês rendeu com Juros e Atualização Monetária, tal qual uma aplicação.

A taxa de juros que rege a JAM depende do contrato segundo a tabela abaixo:

TAXASREFERÊNCIAS
3% a.a) ou (0,2466% a.m)Refere-se ao empregado não optante, a partir de 23/09/1971 (mesmo que a opção tenha retroagido), o trabalhador avulso e optante até 22/09/1971 durante os dois primeiros anos de permanência na mesma empresa.
(4% a.a) ou (0,3274% a.m)Refere-se ao empregado optante até 22/09/1971, do terceiro ao quinto ano de permanência na mesma empresa.
(5% a.a) ou (0,4074% a.mRefere-se ao empregado optante até 22/09/1971, do sexto ao décimo ano de permanência na mesma empresa.
(6% a.a) ou (0,4868% a.m)Mantenha-se atualizado(a) com nossos artigos
Refere-se ao empregado optante até 22/09/1971, a partir do décimo primeiro ano de permanência na mesma empresa.
CALCULADORA DE FGTS
Salário Bruto

Data Inicial:

Data Final:


Quem Tem Direito ao FGTS?

Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela CLT e, também, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros e atletas profissionais têm direito ao FGTS.

Para o trabalhador doméstico, o recolhimento obrigatório começou a valer a partir da competência 10/2015.

Por intermédio do novo portal do e-Social, passou a ser gerado o DAE (guia única) de recolhimento para o Fundo de Garantia e todos os tributos devidos pelo empregador doméstico.

diretor não-empregado pode ser incluído no sistema FGTS, a critério do empregador.

O valor corresponde a 8% (0,08) do salário bruto pago ao trabalhador.

Para os contratos de trabalho firmados nos termos da lei nº 11.180/05 (Contrato de Aprendizagem), o percentual é reduzido para 2%.(0,02).

No caso de trabalhador doméstico, o recolhimento é correspondente a 11,2 % (0,112), sendo 8% a título de depósito mensal e 3,2% a título de antecipação do recolhimento rescisório.

É importante observar que o FGTS não é descontado do salário, pois é um compromisso do empregador.

Com o FGTS, o trabalhador tem a oportunidade de formar uma riqueza, que pode ser sacado em momentos especiais, como o da obtenção da casa própria ou da aposentadoria e em situações de dificuldades financeiras, que podem ocorrer com a demissão sem justa causa ou em alguns casos de doenças graves, câncer e AIDS por exemplo.

Também pode ser usado para liquidação ou amortização de dívida vinculada a contrato de financiamento habitacional.

Assim, o FGTS tornou-se uma das mais importantes fontes de financiamento habitacional, beneficiando o cidadão brasileiro, principalmente o de menor renda.

Para saber o extrato do seu FGTS tenha em mãos: PIS/PASEP ou o número do seu cartão cidadão e também a sua senha de internet; depois basta acessar o site Serviço Social.

Caso não tenha esses dados poderá fazer uma simulação aqui no nosso site utilizando nossa calculadora de FGTS acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *